top of page
Buscar
  • radioregionalfm20

Cerca de 600 Municípios contestam Censo 2022 do IBGE por receio de perda no repasse de recursos

Cerca de 600 prefeituras de todo o país demonstraram preocupação com a perda de recursos e planejam recorrer à Justiça para solicitar uma revisão dos dados populacionais do último censo realizado no país, que apontou uma considerável queda populacional. Isso porque a contagem da população tem um impacto direto nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), uma importante receita para a maioria das cidades brasileiras.


De acordo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), as perdas totais chegam a R$ 3 bilhões. Mais de 600 prefeituras participaram de uma reunião virtual e presencial realizada pela CMN para discutir as perdas.


“Desvios muito acentuados entre a população estimada e a efetiva, conforme se mostrou neste Censo, apontam para erros de estimativas com sérias consequências para a gestão municipal”, disse a CNM.


Segundo a confederação, o impacto é maior em regiões mais carentes: 29% das cidades do Norte terão um coeficiente menor; 18% no Nordeste; 11% no Sudeste e Centro-Oeste; e 8% no Sul.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) defendeu, por sua vez, em comunicado, a qualidade e confiabilidade do censo.


Por: Metro1

Commentaires


bottom of page