Buscar
  • Redação da Rádio Regional

Mãe é presa suspeita de matar filha de 1 ano e 8 meses em Nova Soure; padrasto também foi detido



Duas semanas antes do crime, suspeita foi presa por abandono de incapaz e solta 3 dias depois


Após a repercussão da morte de uma criança de 1 ano e 8 meses, no município de Nova Soure, tendo a mãe da criança como a principal suspeita de ter espancado a menina, novas informações foram divulgadas a respeito do caso.


A identidade da mãe foi divulgada pelo site PORTAL ALERTA. Aline dos Santos Santana, foi presa e levada para a Central de Flagrantes em Euclides da Cunha.


Na quinta-feira da semana passada, a criança chegou ao Hospital de Nova Soure com hematomas pelo corpo e sem vida.


Outra informação importante, se deve a uma nota publicada pelo Conselho Tutelar da cidade, afirmando que Aline tinha sido presa no último dia 10, pela prática de abandono de incapaz e conseguiu liberdade provisória três dias depois, devendo cumprir algumas restrições.


O órgão afirmou que a partir do conhecimento de ABANDONO DE INCAPAZ, ocorrido no último dia 10, a mãe foi conduzida pela Polícia Militar até a delegacia local e ficou DETIDA EM FLAGRANTE. As crianças com menos de 05 anos, foram deixadas sob os cuidados de uma tia.


Ainda na nota, o Conselho Tutelar afirmou que "não se omite as suas ações e está aberto ao diálogo, esclarecimentos e orientações, bem como para informações, as quais forem possíveis e pertinentes serem repassadas diante de cada caso."


Por fim, ressaltou que "é preciso entender que assim como qualquer outro órgão, temos limitações, e SEGURANÇA PÚBLICA é com as polícias”.


A criança morava com a mãe e o padrasto na Rua Dom Pedro II no centro de Nova Soure.


Diante da suspeita de homicídio a polícia prendeu o casal que segue a disposição da justiça.


Segundo informações, a mulher tem mais dois filhos, e já possui histórico de espancamento e abandono, sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar da cidade.

Redação: Romário Santos